Apple processada por US $ 1 bilhão por acusar pessoa errada por roubo

30 de abril de 2020 0 97

Um estudante de Nova York está processando a Apple por US $ 1 bilhão, acusando o fabricante de iPhone de usar sua tecnologia de reconhecimento facial e prendendo a pessoa errada por acusações de roubo em uma Apple Store.

Ousmane Bah, 18 anos, alegou em uma ação judicial que foi identificado incorretamente como ladrão em vários casos de roubo da Apple Store em vários estados dos EUA, mas nega que seja a pessoa na foto que acompanhou o mandado de prisão, The Verge relatado na terça-feira.

Em sua defesa, a Apple disse que nem usa a tecnologia de reconhecimento facial em suas lojas.

Apoiando a Apple no processo, os especialistas do setor de segurança (SIS) disseram que o erro ao reconhecer a pessoa poderia ter acontecido pela empresa que usou o reconhecimento facial para analisar as imagens de segurança, possivelmente fora das instalações da Apple.

A SIS Inc fornece soluções exclusivas de segurança para marcas de luxo e empresas de tecnologia da Fortune 500.

“O SIS não menciona explicitamente a Apple como cliente em seu site público, mas a empresa terceirizada parece ter um longo relacionamento de trabalho com a Apple, e um manual de funcionários de 2016 hospedado em seu site especifica a Apple como cliente”, acrescentou o relatório .

O processo afirma que Bah recebeu um relatório da polícia que alegou que um funcionário do SIS para prevenção de perdas o pegou roubando a Apple Pencils em um vídeo de segurança de uma loja da Apple em Boston.

Bah, por outro lado, afirmou que na época estava participando de seu baile de formatura em Manhattan. No entanto, ele especula que o verdadeiro ladrão poderia ter roubado suas informações da permissão de um aluno sem a foto que havia sido perdida anteriormente.

Apoiados em imagens de vigilância e no testemunho do detetive John Reinhold, os promotores de Nova York e Boston já retiraram as acusações contra Bah, embora ele ainda esteja sendo acusado de furto em Nova Jersey em um caso pendente.

>

Notícia