Facebook “acidentalmente” enviou e-mails de 1,5 milhão de usuários

30 de abril de 2020 0 50

Em uma última tentativa de privacidade, o Facebook “involuntariamente” enviou os e-mails de quase 1,5 milhão de usuários nos últimos três anos.

Um porta-voz do Facebook admitiu na quarta-feira que e-mails de 1,5 milhão de pessoas foram coletados desde maio de 2016 para ajudar a construir a rede de conexões sociais do Facebook e recomendar que outros usuários adicionassem como amigos.

Relatada pela primeira vez pelo Business Insider, a revelação veio à tona depois que um pesquisador de segurança percebeu que “o Facebook estava pedindo a alguns usuários que digitassem suas senhas de email quando se inscreveram em novas contas para verificar suas identidades”.

“No mês passado, paramos de oferecer a verificação de senha de e-mail como uma opção para as pessoas verificarem sua conta ao se inscreverem no Facebook pela primeira vez”, disse o porta-voz do Facebook.

“Corrigimos o problema subjacente e notificamos as pessoas cujos contatos foram importados”, disse o Facebook.

A rede social disse que os contatos não foram compartilhados com ninguém e estão sendo excluídos, informa a CNET.

“As pessoas também podem revisar e gerenciar os contatos que compartilham com o Facebook em suas configurações”, disse a empresa.

O Facebook está enfrentando o calor de vários escândalos de dados, incluindo o enorme escândalo da Cambridge Analytica, onde vazaram informações pessoais de até 87 milhões de usuários.

>

Notícia