O bug do Twitter pode ter enviado seus DMs para desenvolvedores desconhecidos

30 de abril de 2020 0 35

Um bug na plataforma do Twitter para desenvolvedores de aplicativos de terceiros expôs algumas Mensagens Diretas (DMs) de quase 3 milhões de usuários a pessoas de fora, admitiu a plataforma de microblogging.

O bug foi executado a partir de maio de 2017 e poucas horas após sua descoberta em 10 de setembro, Twitter disse que corrigiu o bug para impedir que dados fossem enviados acidentalmente ao desenvolvedor incorreto.

O bug afetou menos de 1% das pessoas no Twitter. O bug pode ter causado o envio acidental de algumas dessas interações para outro desenvolvedor registrado ”, disse o Twitter em um post de hoje de manhã.

Em alguns casos, isso pode incluir certos DMs ou tweets protegidos, por exemplo, uma Mensagem Direta com uma companhia aérea que autorizou um desenvolvedor da API de Atividade da Conta (AAAPI).

>

A API de atividades da conta permite que os desenvolvedores registrados criem ferramentas para dar melhor suporte às empresas e suas comunicações com os clientes no Twitter.

Atualmente, o Twitter tem mais de 336 milhões de usuários e um por cento significa que quase 3 milhões deles foram afetados.

Se sua empresa autorizou um desenvolvedor usando a AAAPI a acessar sua conta, o bug pode ter afetado seus dados de atividade por engano.

Lamentamos muito por isso ter acontecido. Se sua conta foi afetada por esse bug, entraremos em contato diretamente com você através de um aviso no aplicativo e no twitter.com ”, afirmou a empresa.

Em maio, a plataforma de microblog pediu a seus 336 milhões de usuários que alterassem suas senhas em seus serviços depois que descobriu um bug que armazenava senhas em texto sem formatação em um sistema interno.

O Twitter disse que não encontrou sinal de que os hackers acessaram os dados expostos, mas aconselhou os usuários a inserir uma nova senha em todos os serviços em que sua senha atual foi usada.

>

Notícia