WhatsApp compartilhará dados com Facebook e quem não aceitar perderá conta

11 de janeiro de 2021 0 650

Dados como endereço IP, número de telefone, aparelho e dados de pagamentos ficarão disponíveis

A partir do dia 8 de fevereiro, o WhatsApp mudará a política de privacidade e todos os dados e conversas serão compartilhados com empresas parceiras do Facebook.

O aplicativo já começou a emitir mensagem sobre a atualização para os usuários, informando sobre as mudanças.

Para continuar usando o WhatsApp, o usuário será obrigado a aceitar as novas condições da empresa.

Mesmo quem não tem conta no Facebook, terá os dados compartilhados.

De acordo com o divulgado, o WhatsApp passará a compartilhar dados pessoais, endereço de IP do usuário, número de telefone, dados de pagamentos e transações e atividades realizadas no aplicativo com todos os parceiros do Facebook.

Ao aceitar os termos, o usuário também concorda em conceder acesso ao microfone, câmera e localização.

Atualmente, esse compartilhamento de dados já é feito, mas apenas com dados de usuários que escolheram essa opção na última atualização dos termos de serviço, em julho de 2020.

A partir de 8 de fevereiro, essa escolha não será mais possível e o usuário só poderá continuar usando o aplicativo de mensagens caso aceite as novas condições até o próximo mês.

Na própria mensagem que começou a aparecer para os usuários, o WhatsApp dá a opção de apagar a conta caso a pessoa não concorde com o compartilhamento.

Inicialmente, a mensagem que aparece para os usuários do mensageiro tem como opção aceitar na hora ou clicar em “agora não”, em que a pessoa pode não aceitar a nova política, mas após o dia 8 de fevereiro, não haverá mais essa opção, sendo possível apenas concordar ou perder a conta.

A conta ficará suspensa, mas o usuário poderá retomá-la futuramente, a qualquer momento, desde que concorde com a troca de dados.

As empresas poderão usar os dados para diversas situações, como “melhorar o sistema de entregas e segurança, personalizar conteúdos, mostrar anúncios mais relevantes”, entre outros.

Para não ter os dados compartilhados com determinada empresa, a orientação é não interagir com ela por meio das redes sociais.

Quanto a integração entre o WhatsApp e o Facebook, o compartilhamento de dados permitirá que o usuário converse com contatos das duas redes em um único local.

Além disso, também consta no projeto a utilização do sistema “Facebook Pay”, para pagar compras realizadas pelo WhatsApp.

Segundo a empresa, dados como conteúdo das conversas, fotos, vídeos e áudios não serão compartilhados, sendo protegidos por criptografia e com acesso restrito a pessoa com o perfil no aplicativo. 

As mudanças são válidas para todas as contas, inclusive a Business, que é a versão corporativa.

Facebook